Make your own free website on Tripod.com


Conclusão

O presente método oferece uma imagem digitalizada com economia de tempo e custo, além disso, as imagens são de distorção geométrica extremamente baixa, sendo teoricamente nula. Praticamente para todas as amostras de rochas com faces quebradas por martelo, a definição óptica da imagem é superior à observada a olho nu,. No caso das faces menos rugosas, com relevo relativo máximo inferior a 4 mm, a definição óptica das imagens obtidas é comparável à observada à lupa, com perda de menos de 10 % na qualidade das cores. Desta forma, pode-se concluir que a aquisição direta das imagens digitalizadas de rochas é de alta aplicabilidade prática com qualidade suficiente, sendo importante para preparação de trabalhos para publicações, apresentações em congressos e elaboração de materiais didáticos (Fig. 1). Além da utilização na geologia e na educação geológica, o presente método pode ser utilizado para observações da forma e da textura dos objetos, sobretudo com superfície irregular, em vários campos diferentes: especificamente mineralogia, agronomia, análise textural de materiais de construção, etc. (Fig. 13).



Fig. 13 - Exemplos de aplicação de captura direta de imagens via scanner para outros campos: A) hábito de cristalização radial de zeólita, 300 dpi, para mineralogia; B) folha de café, 150 dpi, para agronomia; C) cimento com mistura de casca de arroz, 600 dpi, para engenharia.


Scanner
Retornar
Avançar